Você conhece a raça Cocker Spaniel?

Origem e História do magnifico cachorro Cocker Spaniel

Por volta do ano 500 antes de Cristo., na ocasião em que os cartagineses desembarcaram nas terras espanholas no decorrer de uma de suas navegações pelo mar do Mediterrâneo, os oficiais observaram uma grande quantidade de coelhos e disseram “Span, Span!” (coelho em cartaginês). Por causa disso esta terra foi denominada de Espanha, ou “A terra dos coelhos”, e os cachorros que acossavam os coelhos ficaram conhecidos como Spaniel, ou “cães coelheiros”.
Essa espécie habitava tanto em nações mediterrâneas quanto na própria terra hispânica. Era, tranquilamente, uma das primeiras espécies de cães a aparecer em toda a história. No Museu Metropolitano de Nova York, há uma pequena estátua em cerâmica de Spaniel. A estátua tem mais de 2.000 anos e pertence à Coleção Chipriota.
No Sportsman’s Cabinet (Gabinete dos Caçadores), feito por Nichilas Cox e divulgado em 1803, foi feita uma representação do Spaniel: Existem 2 raças de Cocker Spaniel, de forma que um possui um corpo físico maior em comparação ao outro, entretanto os dois são intitulados de “Spaniels Levantadores”. O menor se chama Cocker Spaniel e está mais adaptado à caça entre matas e parece que foi construído por Deus para isto. Desta forma somos capazes de aceitar que os Cockers Spaniel Britânicos tiveram sua intitulação a partir da perseguição a galinhas, ou como alguns pensam, de faisões machos (cockpheasants em inglês).

Estrutura Psicológica do Cocker Spaniel

O Cocker Spaniel Inglês é um caçador audacioso, de temperamento carinhoso, estabilizado, afetuoso. Convive tranquilamente em um convívio em família, é muito agradável e bem repleto de energia. Essa raça é tão perspicaz que ela pode analisar, bem antes, o que seu proprietário vai fazer, além de possuir muita benevolência e agilidade. Apesar de dócil e fundamentalmente afável, ainda é tido como um grande guardião. Ele não se deixa entregar pelo pavor: se possível ele vai para cima de um bandido, caso seja preciso.
Ele ainda é bastante adaptável, fora a sua inteligência e tenacidade. Possui um formidável grau de sociabilização, mostrando-se capaz de conviver satisfatoriamente com as pessoas, a criançada e os demais animais de estimação. O carinho deve estar a todo o momento existente para essa espécie, pois ela não aguenta ser tratada com frieza ou descaso. Com um comportamento divertido e dócil, o Cocker Spaniel, se tratado com carinho e muito afeto, será um cachorro fiel e bastante parceiro no decurso de sua caminhada do seu lado.
Se você deseja educá-lo, pode ficar tranquilo: essa raça possui uma capacidade de apreender tudo o que lhe ministram, com demasiada destreza e desenvoltura; inclusive o Cocker encontra-se em 18º, em um ranking de cachorros mais inteligentes do mundo.

Inglês

Seu porte físico se apresenta da seguinte maneira: tamanho médio, musculoso, físico proporcional e bem bruto. Apresenta um focinho em formato quadrado, alargado, com stop bem marcado e trufa bastante extensa para beneficiar a capacidade farejadora.
Os olhos são enormes, completos, porém não proeminentes. Sua orelha é de formato lobular, que fica situada na região dos olhos, e inclusive é coberta por um pelo longo, sedoso e bastante macio. A cauda do Cocker Spaniel Britânico estende a linha dorsal.
Dispõe de um pelo de tamanho médio que deve ser escovado semanalmente. A pelagem da raça é lisa, de textura macia, nunca rígida, aramada ou ondeada. Sua franja não é tão peluda como se é capaz de cogitar, e seu tamanho vai até os membros inferiores, mais estritamente, por sobre os joelhos.
A pigmentação dessa raça é bastante diversificada. É bem possível se encontrar cachorros com uma coloração apenas, os que são denominados uniformes, entre a cor preta, caramelo, fígado, e também misturados de cores, que são chamados de part colors.
Ocasionalmente precisa de tosas na área de sua cabeça, e tosas em torno dos pés e do rabo de dois em dois meses. É fundamental, inclusive, caso possa fazer higienes em suas orelhas pelo menos bimestralmente.

A Superioridade da raça Cocker Spaniel

Além de possuir uma estatura que propicia que se integre bem tanto em apartamentos quanto em residências, o Cocker Spaniel Inglês não é do tipo que ladra bastante, o que permite boas relações com seus vizinhos.
Com as pessoas de casa, ele é um animal bastante divertido, conseguindo fazer aquele dia de final de semana totalmente enfadonho, radiante para todos, pois decerto ele irá conquistar seus familiares com o seu jeito atrapalhado e irá brincar muito.
Existem muitas maneiras de usufruir do tempo com o seu cão, seja brincando em um parque, andando, passeando ou, então, efetuando pequenas atividades físicas como flyball e agility.

Problemas comuns ao Cocker Spaniel Inglês

A única ressalva que se pode fazer aos Cockers é no que tange ao seu acasalamento com as demais espécies, esse que foi executado sem um critério adequadamente orientado. Os cachorros amarelados – possivelmente pela popularidade do filme animado “A Dama e o Vagabundo” – ganharam grande mercado e foram prejudicados por desvios de temperamento e conformação. Quando o Cocker estava sendo expandido, ocorreu vários casos de cães que sofreram significativos problemas comportamentais.
Apesar se serem animais sadios, os Cockers têm propensão a apresentar enfermidades no ouvido, habitualmente provocados pela pouca ventilação nos canais do ouvido e pelo acúmulo de água. Devido a isso, os proprietários de Cocker têm que ter atenção redobrada na hora do banho, cobrindo os ouvidos do cão com algodão a fim de evitar a passagem da água. Para não acumular cera e sujeira nas orelhas, é recomendado que a cada 2 dias as orelhas sejam higienizadas com produto adequado para cães aconselhado por especialistas.
A frieira é mais um problema frequente, dado que as imundícies podem se juntar entre os pelos de suas patas. Limpe frequentemente ou, então, apare os pelos com o objetivo de evitar este empecilho.

Atividades e perfil psicológico da raça Cocker Spaniel

O sugerido é que esse cão saia no mínimo 3 vezes a cada dia para descansar, contudo isto não precisa durar muito tempo, uma volta já é o suficiente. Logo após isso, verifique suas orelhas para olhar se não existe nada no interior delas, como espinhos ou algum outro objeto preso nas franjas.
Por possuírem as orelhas caídas, é muito normal que os Cockers Spaniels desenvolvam dores de ouvido, além de obesidade e catarata, algo hereditário.
A tosa nos Cockers não precisa ser total! O que deve ser feito é cortar bem a pelagem dorsal, de sua cabeça, na ponta das orelhas, rabo e a almofada de sua pata, mas precisam de ser preservadas as franjas das orelhas, barrigas e nas patas. A tosa deve ser feita por um especialista competente que conheça bem a raça, porque é bem habitual Cockers serem tosados como Poodles em Pet Shops.
Em relação aos banhos, se dados em grande quantidade podem ocasionar dermatites, eczemas e outros problemas de pele. Em razão disso a importância de se escová-lo a cada dia, principalmente nas orelhas.

Filhotes do pet Cocker Spaniel

Por sua característica de ser um exímio caçador, ele tende a ser bastante levado e bastante cheio de energia quando filhotinho. Pelo seu aspecto, quando filhote, inúmeras pessoas decidem adquirir eles por impulso, sem verificar se possuem verdadeiras condições de adquiri-los.
Devido a seu excesso de vigor, o Cocker não hesita em fazer qualquer atividade, como: brincar, correr, caminhar, morder. Com o passar do tempo, o crescimento e a educação, primordial a qualquer espécie independente do seu tamanho, o cãozinho tende a ficar mais sossegado.
O Cocker adquire a qualidade de amigo inseperável, geralmente, depois dos os sete meses.

Curiosidades a cerca do Cocker Spaniel

– O Cocker Inglês possui um porte mais robusto, menos pelagem, e não possui aquela coloração amarelada, que conseguimos perceber no Cocker tradicional. Seu pelo é mais sedoso, sendo possível percerbê-lo na cor avermelhada, preta e castanho, castanho e fígado, sempre com um fundo mais branco;
– Você sabia que os EUA já teve um presidente que tinha um Cocker Spaniel Inglês? Seu nome era Shannon, e ele foi parceiro do presidente John Kennedy;
– O cão Lupo, também um Cocker Spaniel Inglês, é membro da família real da Inglaterra, sendo criado por Príncipe Willian e Kate Middleton. Lupo é ancestral de Ella, uma cadela que pertencia aos pais de Kate Middleton. À primeira vista, o casal negou que Lupo pertencia a eles. Lupo fez parte da foto oficial, encontrando-se do lado do príncipe George;
– No Reino Unido, o que os Estados Unidos chamam de Cocker Spaniel Inglês é meramente Cocker e a versão norte-americana é chamada de Cocker Americano;
– Se o cão caçava pássaros, então ele era denominado “Spaniel”. Estes cães sempre foram diferenciados devido a seu porte físico e pelo modo como operavam suas ações.